Cuidados pré e pós-operatórios

 

 ​É de extrema importância que haja colaboração do paciente antes e depois do ato cirúrgico. Sem estes cuidados, a cicatrização e a integração osso-implante pode ficar bastante comprometida.
De maneira geral, os cuidados pré-cirúrgicos (além da medicação prescrita pelo cirurgião) consistem em:

- Alimentação normal até 2h antes da cirurgia;
- Comparecer à clínica vestindo roupas confortáveis;
- Se possível vir acompanhado (a), apenas para conforto psicológico e acompanhamento obrigatório em caso de medicação para controle de ansiedade;
- Planejar previamente a ausência no trabalho;
- Deixar preparada em casa uma alimentação liquida e fria, como sopa, suco, vitaminas, sorvete, etc.
Depois de realizada a cirurgia existem limitações para o paciente operado.


Os cuidados pós-cirúrgicos são os seguintes:

- Alimentação fria/gelada, líquida/pastosa durante 24h (sorvete, suco, vitamina, etc);
- Evitar pressão interna na boca nas primeiras 72h (não cuspir, bochechar ou tomar líquidos com canudinho);
- Dificilmente ocorre hemorragia abundante e continua, mas um pequeno sangramento é normal;
- Repouso tanto quanto possível, evitar esforços físicos e a prática de esportes nas primeiras 24h;
- Não ingerir bebidas alcoólicas e não fumar;
- Seguir prescrição das medicações conforme orientação do cirurgião;
- Higienizar área operada escovando-a lentamente e uso do Periogard por 10 dias;
- Não dormir do lado operado; colocar um travesseiro a mais, deitando de barriga para cima;
- Inchaço e hematomas podem ocorrer. Para isso aplicações de gelo externamente são indicadas, após a cirurgia, por 4 horas.
- Evitar falar;
- Retornar para remoção da sutura (pontos) conforme marcado;
- Os pacientes que usam próteses removíveis, deverão seguir as orientações dadas pelo cirurgião após a cirurgia, pois estas deverão ter cuidados especiais de ajuste, manutenção, controle e, em alguns casos, o paciente deverá ficar sem prótese ou fazer uma provisória. 

Instruções para Clareamento Caseiro


1) Faça uma higienização completa rigorosa, com escova e fio dental.
 

2) Aplique o gel na moldeira, na quantidade recomendada pelo seu dentista, na região correspondente à parte da frente dos dentes. Colocar mais gel não acelera nem aumenta a efetividade do clareamento, gerando apenas desperdício de material. Evite também colocar gel em dentes com coroas ou restaurações que ocupem toda a face da frente do dente uma vez que elas não são clareadas pelo agente clareador.

3) Insira a moldeira na boca  e remova todo o excesso de gel que extravasar com um cotonete  ou gaze e

preencha com menor quantidade das próximas vezes, pois o ideal é não extravasar gel.


4) Use a placa pelo período mínimo recomendado pelo dentista, que pode variar de acordo com o

produto utilizado.


5) Após o tempo de uso, retire a placa, limpe-a, execute normalmente a higiene bucal completa.

6) O tempo de clareamento é individual e costuma variar de dez a vinte e um dias.

7) Caso aconteça grande sensibilidade nos dentes no período de clareamento, tente modificar o uso do gel de clareamento para dias alternados, ou interrompa o tratamento por alguns dias, e assim que a sensibilidade melhorar retome o clareamento. O uso de dentifrícios específicos para sensibilidade também oferece bons resultados. Pode-se iniciar seu uso profilaticamente uma ou duas semanas antes de iniciar o clareamento.

8) Evite o consumo de café, vinhos, refrigerantes e outros alimentos com corantes ou muito pigmentados durante o processo de clareamento.
 

O que fazer se seu filho sofrer traumatismo dentário.

 

É comum crianças sofrerem quedas e os dentes serem atingidos. As maiores complicações devido a traumas, tanto nos dentes de leite como nos dentes permanentes, acontecem por falta de atendimento imediato e controle de possíveis complicações, realizados no consultório pelo profissional. 

 

O quê os pais precisam saber: 

 

1) Que o dente de leite tem raiz e que no seu interior existe um canal por onde passam nervos e vasos sangüíneos (polpa). Também que o dente permanente está sendo formado muito próximo desta raiz, desde quando a criança nasce. Assim, existe o risco do dente permanente ser atingido pela raiz do dente de leite, em um trauma

 

2) Que todo dente que sofre traumatismo tem que ter acompanhamento clínico e radiográfico no consultório, pelo período de no mínimo 1 ano e 6 meses para osdentes de leite e de 5 anos para os dentes permanentes, pois podem acontecer complicações decorrentes do trauma. 

 

3) Que nem sempre o dente afetado por trauma apresenta alteração da cor. No entanto, isto pode ocorrer e caberá ao profissional avaliar se haverá indicação de algum tratamento ou apenas da continuidade do controle periódico. 

 

4) Que “pequenos” traumas nos dentes de leite podem causar a morte da polpa e que se o tratamento de canal não for realizado a tempo, problemas nos dentes permanentes poderão ocorrer. 

 

O que fazer no caso de trauma dental: 

 

1) Procure entrar em contato com o Dentista imediatamente, em qualquer horário. 

 

2) Nos casos em que acontecem leve sangramento e/ou aumento da mobilidade, pode ter ocorrido uma fratura de raiz, e o atendimento deve ser o mais rápido possível. 

 

3) Quando o dente sai parcialmente da posição, quanto mais rápido for reposicionado maiores são as chances de ser recuperado.

 

4) Quando o dente permanente sai totalmente, quanto mais rápido for reimplantado, maiores serão as chances de sucesso. Coloque o dente num C P D recipiente com soro fisiológico, leite, saliva ou água, e procure imediatamente o Profissional. Se isso acontecer com o dente de leite, o reimplante não está recomendado, mas é muito importante que o profissional examine a criança o mais rápido possível. 

 

5) No caso de quebrar uma parte do dente e esta parte for encontrada, coloque-a na água filtrada e procure o dentista imediatamente, pois dependendo do tamanho do fragmento, é possível fazer sua colagem no dente, recuperando-o esteticamente. Outro ponto importante é que nestes casos de fratura, a polpa pode estar exposta e precisa ser protegida o mais rápido possível. 

 

Lembre-se: Tenha sempre o telefone do consultório e o celular do seu Dentista à sua disposição.

Agende uma avaliação

Rua Helena David Neme, 113

Vila Adyana -São José dos Campos - SP



Tel: (012) 3941 1294


Whatsapp 12 98274 6007 

Link direto http://bit.ly/2EZ6Zly